PDPI PREPARA PROFISSIONAIS PARA ENTRAR NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA


POR EGLE LEONARDI


A primeira turma já se formou no Programa de Desenvolvimento de Profissionais para a Indústria (PDPI). Logo serão abertas as inscrições para outras turmas em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, onde há grande concentração de indústrias farmacêuticas.

Neste momento, são 40 profissionais já capacitados e prontos para atuar na indústria farmacêutica, dos quais, alguns já conseguiram até uma colocação no segmento. O PDPI é promovido pelo Ephar- Instituto Analítico, em conjunto com o ICTQ – Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação para o Mercado Farmacêutico. O programa prevê 80 horas de aula, inclusive com visitas técnicas a quatro indústrias: Melcon, Brainfarma, Equiplex e Halexstar.

“O PDPI tem o objetivo de preparar o aluno para a atuação eficaz na indústria, por meio da compreensão sobre a função e as responsabilidades desse profissional na indústria farmacêutica, permitindo que o participante compreenda a complexidade do segmento por meio da prática em um ambiente propício para a formação de uma rede de contatos selecionada, forte e duradoura”, comenta o gestor do programa e diretor do Ephar, Poatã Casonato.

A metodologia do curso inclui aulas com exposição dialogada, leituras prévias, estudo de casos práticos e depoimentos de gestores experientes.

Ricardo Serrato Garcia é farmacêutico e atua como responsável pelo departamento de Produção de Injetáveis, Produção de Líquidos Não Estéreis e Sólidos da indústria farmacêutica veterinária Clarion Biociências. Ele foi professor do PDPI e diz que, infelizmente, a grade curricular do curso de Farmácia abrange muito pouco sobre a indústria farmacêutica.

“Tanto o programa como os palestrantes contribuíram para aproximar a indústria dos participantes, abordando exemplos práticos e principalmente explorando o tipo de perfil necessário de farmacêutico para cada área. Com isso, os alunos, além das informações adquiridas no curso, poderão continuar o desenvolvimento para atuar na indústria farmacêutica”, comenta ele.


VISÃO AMPLA DA INDÚSTRIA


Outra professora do programa é a farmacêutica, Alessandra Aparecida de Moraes Cristo. Ela trabalha como coordenadora de Controle de Qualidade na Geolab Indústria Farmacêutica. Para ela, o programa PDPI proporcionou aos participantes uma visão geral das possíveis atuações dentro da indústria farmacêutica. “Com esse programa foi possível o conhecimento e a compreensão sobre os complexos processos dentro das diversas áreas da indústria. Os participantes saíram do projeto mais preparados do que muitos de seus concorrentes no mercado de trabalho, uma vez que o conteúdo apresentado nas universidades não reflete as atualidades dos processos utilizados na indústria”, afirma ela.

A professora acredita que, com esse programa, os estudantes tiveram a oportunidade de interagir e trocar conhecimento com os profissionais que atuam diretamente nas disciplinas. Os conteúdos apresentados na prática foram importantes para dar aos alunos a experiência necessária. “A prática é o grande diferencial do PDPI em relação aos outros programas existentes. Ele promove a integração entre teoria, aprendizado e prática. Isso é um ganho inestimável aos participantes”, defende a especialista.

Uma das alunas é a farmacêutica, Márcia Luiz da Silva. Ela já atuou em drogaria no interior do Estado de Goiás, mas mudou-se para a capital com o objetivo de conquistar uma vaga na indústria. “Fiquei muito surpreendida com o diferencial que promovem no PDPI. Fiquei muito animada com a dinâmica do curso e o conteúdo programático me proporcionou grande conhecimento teórico. Os palestrantes agregaram, de forma específica, a teoria com a prática que eles já possuem dentro da indústria farmacêutica. Com dedicação e tempo, os palestrantes nos incentivaram e mostraram como buscar nosso crescimento”.


RESULTADOS ESPERADOS


“O PDPI prevê que os participantes, ao final do processo, tenham total compreensão do cenário, dos fundamentos e das melhores práticas das indústrias sob um enfoque multidisciplinar. Além disso, oferece conhecimento dos objetivos e das responsabilidades necessários ao profissional da indústria farmacêutica e da sua dinâmica de funcionamento”, explica Casonato.

Ele ressalta que o PDPI desenvolve habilidades e atitudes necessárias ao profissional por meio de exercícios práticos e, com isso, torna os participantes aptos a estagiar, ingressar e se destacar nas indústrias farmacêuticas. Para isso, há o apoio na elaboração e acompanhamento de um plano de carreira por direcionamento e indicações.

Um dos alunos foi o farmacêutico, Raphael Oliveira Cabral. Para ele, o PDPI foi um curso enriquecedor: “Foram excelentes palestras, com profissionais mpetentes que nos esclareceram e proporcionaram uma outra visão desse universo da indústria, das possíveis áreas de atuação e da realidade que se encontra o mercado. Agradeço ao Ephar e ao ICTQ por proporcionarem essa oportunidade. Indico o curso a qualquer profissional que pretenda seguir carreira nesse segmento industrial”.

Para o professor Garcia, o farmacêutico tem um leque extremamente grande de atuação no mercado de trabalho, dentro e fora da indústria farmacêutica: “A maior contribuição do curso PDPI é, além de todo conteúdo prático apresentado pelos profissionais palestrantes, mostrar aos alunos qual área de atuação dentro da indústria tem mais a ver com o seu perfil e, com isso, conduzir sua carreira profissional”.

Ele fala que o curso contribui para que os alunos possam, por meio dos palestrantes, distribuir seus currículos e buscar uma iniciação no mercado de trabalho. “Como exemplo, a empresa que trabalho atualmente contratou um dos alunos participantes do PDPI, para estágio”, comemora Garcia.


GRANDE DIFERENCIAL NA CARREIRA


Já outra aluna do PDPI é a acadêmica de Farmácia, Jheniffer Lohany de Carvalho Silva, que trabalha na Vigilância em Saúde de Goiânia (GO), no programa de tuberculose e hanseníase.

Ela ressalta que o programa foi o grande diferencial na sua escolha de qual caminho seguir dentro da carreira farmacêutica. Ela conta que, durante o curso, havia apenas professores completamente qualificados, atenciosos e com enorme experiência.

“Na faculdade, a principal pergunta que nós fazemos é qual caminho escolher. A gente tem medo, insegurança e, até mesmo, falta de conhecimento. E o PDPI veio para mudar isso, porque nos apresentou todas as possíveis áreas dentro de uma indústria farmacêutica onde podemos atuar. Os professores me possibilitaram escolher a minha área, me deram o caminho de como focar nela e como conseguir o que almejo”, relata Jheniffer.

Já Marcia afirma que o programa a beneficiou com conhecimentos essenciais. “Foi uma preparação ímpar, que me deixou bem direcionada às áreas de atuação na indústria farmacêutica. Com o PDPI encontrei uma oportunidade de crescimento. Sinto-me confiante de que o curso acrescentou muito ao meu conhecimento teórico e prático e que minhas perspectivas de sonho irão se concretizar! Estou muito otimista de que vai dar tudo certo pela busca do meu novo emprego”, diz ela, confiante de seu futuro.


CONTEÚDO DO PDPI


1 - GARANTIA DA QUALIDADE APLICADA À INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

· Boas Práticas de Fabricação - BPF

· Auditoria e Sistema da Qualidade

· Validação, conceito e aplicabilidade

· Qualificação de equipamento

2 - ASSUNTOS REGULATÓRIOS

· Regulamentação de indústria farmacêutica

· Registro de insumos e medicamentos

· SAC e farmacovigilância

· Infrações sanitárias

3 - PRODUÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE MEDICAMENTOS

· Fluxo de produção

· PCP- Planejamento e Controle de Produção

· Visão geral do desenvolvimento farmacotécnico

· Transferência de tecnologia – desafios e oportunidades

4 - CONTROLE DE QUALIDADE APLICADO À INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

· CQ físico-químico

· CQ microbiológico

· Validação de métodos analíticos

· Boas Práticas de Laboratório – BPL

5 - MARKETING FARMACÊUTICO E GESTÃO DE PROJETOS

· Visão geral do marketing nas indústrias farmacêuticas

· O mercado farmacêutico industrial 360º

· Papel do farmacêutico nos processos e projetos

· Melhores práticas na gestão dos projetos

6 – LIDERANÇA, COACHING E ORATÓRIA

· Autoliderança

· Liderança de equipes

· Marca pessoal

· Orientação de currículo profissional


“Como pode ser visto no conteúdo, o PDPI direciona o aluno para a construção consistente de sua carreira. É uma oportunidade que deve ser aproveitada. Por isso, logo estaremos em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro”, conclui o diretor Casonato. Os interessados nas novas turmas do PDPI devem enviar e-mail para cursos@ephar.com.br.

146 visualizações
ENDEREÇO

Avenida Doutor José Neto Carneiro

Lote 11 Nº530

Setor Crimeia Leste

CEP: 74660-205

Goiânia - GO

contatos

+55 62 3645 6797

contato@ephar.com.br

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

Ephar | Instituto Analítico de Excelência Farmacêutica © 2018

fale conosco